Isolamento Social: Por que acontece?

Como falamos, o isolamento social pode acontecer como parte de patologias como o Transtorno de Ansiedade, no início da Depressão ou como consequência do Estresse Pós-traumático. Além disso, as pessoas ainda podem se isolar socialmente por serem estigmatizadas por outros grupos devido a uma condição especial que possuam ou puro preconceito.

Foto por Daniel Reche em Pexels.com

Ser diferente pode facilmente fazer com que um grupo de pessoas tome essa diferença como algo negativo e acabe estigmatizando e estereotipando a pessoa afetada, fazendo com que ela se isole socialmente: ser muito alto, muito gordo, usar óculos ou mesmo ter outra religião são apenas alguns dos exemplos que podemos observar em qualquer escola.

Pessoas idosas são comumente afetadas pelo isolamento social; o círculo de amizades de pessoas na chamada terceira idade decresce naturalmente, afinal todos nós envelhecemos e um dia morreremos. A ideia da proximidade da morte também acaba contribuindo para o isolamento desse grupo, fazendo com que muitos acreditem que seu tempo já se passou, que apenas atrapalham suas famílias ou que não aceitem as mudanças que o tempo atual lhes apresentou.

Foto por Andrea Piacquadio em Pexels.com

Pessoas isoladas socialmente nem sempre moram sozinhas, apesar de terem contato com familiares geralmente para poderem ter suas refeições e necessidades básicas de alguma forma atendidas, elas estão isoladas do resto da sociedade e muitas vezes consideram a televisão e seus personagens como amigos, ou encontram na internet ou em jogos on-line companhias que atendam de alguma forma sua necessidade de interação.

ATENÇÃO

Este texto foi escrito antes da pandemia do vírus SARS-CoV-2, causador da Covid-19. O projeto Isolamento Social é favorável ao distanciamento social provocado por essa situação, leia mais em nossas postagens recentes!